You are currently browsing the monthly archive for dezembro 2011.

Patê a Choux é uma das massas mais básicas da confeitaria, é com ela que produzimos as famosas bombas, carolinas, éclairs e até mesmo os churros mexicanos. Esse final de semana resolvi fazer as Carolinas aqui em casa, elas são tradicionalmente recheadas com Crème Pâtissier, mas como eu tinha uma lata de leite condensado cozido guardada no armário, resolvi aproveitar a lata para rechear as minhas carolinas.

A receita abaixo rendem aproximadamente 40 carolinas, e a 1 lata do leite condensado cozido da pra rechear generosamente todas as carolinas sem sobras.

Pâte à Choux:

100ml Leite

100ml Água

60g Manteiga sem Sal

120g Farinha de Trigo

3 Ovos batidos

10g Açúcar

1 pitada de Sal

Preparo:

Colocar na panela o leite, a água, o sal e o açúcar. Quando ferver a mistura, colocar a manteiga e mexer até ela derreter.

Fora do fogo – Colocar a farinha de trigo de uma só vez e misturar muito bem com uma colher de pau.

Voltar para o fogo e mexer até secar a massa (tem que formar uma pasta lisa que solta do fundo da panela)

Em seguida colocar esta pasta na batedeira e acrescentar os ovos aos poucos, misturando bem para incorporar – ( dependendo do tamanho não será necessário colocar todos os ovos ).

Bater a massa na batedeira até a massa ficar lisa e brilhante.

Depois colocar a massa em um saco de confeitar, e fazer as Carolinas ou Bombas sobre o silpat ou papel manteiga untado. (Usei Silpat)

Assar a 180ºC por 20 minutos e depois abaixar o forno para 150ºC até secarem por completo – Como as Carolinas são pequenas secaram já nos primeiros 20 minutos. Mas se for para fazer bombas, creio que tem que deixar assar por mais tempo em forno com temperatura reduzida.

RECHEIO DE DOCE DE LEITE:
1 lata de leite condensado

*Colocar a lata de leite condensado na panela de pressão e encher a panela de água até cobrir a tampa da lata. Depois que a panela de pressão começar a “chiar” – deixar por 50 minutos em fogo baixo.
Com o doce de leite frio – Colocar em saco de confeitar e rechear as Carolinas por baixo.

Fotos do Preparo:

Depois de recheadas as Carolinas eu banhei só as pontinhas em chocolate meio amargo, algumas pessoas costumam banhar em caramelo – qualquer uma das opções deixam as carolinas maravilhosas!
Servi elas naquelas embalagens tradicionais de docinhos de festa.

Apesar de parecer complicado é uma receita muito simples, cerca de 1 hora você consegue produzir as Carolinas recheadas e com tudo que tem direito.

Qualquer dúvida ou sugestão, deixem nos comentários. E uma boa semana a todos!

Se todos nós, em algum momento da vida guardamos uma receita, imaginem quem trabalha com isso.

Nesses últimos anos de faculdade de gastronomia, e cozinha, eu guardei MUITAS receitas, até chegar a um momento em que eu não encontrava mais nada, tentei organizá-las algumas vezes, mas nunca encontrava um jeito eficaz o suficiente.

Mas enfim, encontrei a solução. Comprei um daqueles ficheiros de arquivo que vende em papelarias, e agora organizo minhas receitas todas ali, por ordem alfabética.

Eu digito as receitas no computador, imprimo, e depois colo nas fichas, gosto assim, fica mais bonitinho. Mas nada impede de escrever a mão, e pra quem quiser caprichar mesmo, ainda tem a possibilidade de mandar plastificar as fichas, fica ainda melhor pra manuseá-las pela cozinha.

Eu comprei o ficheiro naquela cor tradicional: cinza. Mas acabei pintando com tinta spray vermelha. Adorei o resultado, é super pratico de achar as receitas e o tamanho das fichas é ótimo pra ficar levando pra cozinha.

Se alguém também estava com esse problema de organização de receitas, espero que a minha dica tenha ajudado.
Bom final de semana!

Cardápio 02/08 – 06/08

SEG: strogonoff de carne, arroz e palhas. TER: risoto de palmito com brócoli e mignon. QUA: arroz, feijão, bife acebolado e fritas. QUI: macarrão mediterrâneo SEX: mignon, farofa, arroz curry e quinoa, batata chips.

delicious

top rated